A INSTITUIÇÃO

O IPRADE – Instituto Paranaense de Direito Eleitoral

foi fundado em 06 março de 2008, por um grupo de advogados que atuavam junto à Justiça Eleitoral e de professores que trabalhavam com o Direito Eleitoral e áreas afins (Ciência Política e Sociologia do Direito, dentre outras). Além de imaginar uma instituição para o estudo sério da doutrina do Direito Eleitoral e para organização de eventos científicos na área, outra principal motivação dos fundadores do IPRADE foi o desejo de constituir uma instituição que pudesse atuar, concretamente, na consolidação das instituições do exercício da democracia e na luta por um Estado Democrático de Direito mais substancial.

Outra preocupação dos fundadores foi construir uma instituição que, por comprometida com o princípio democrático, pudesse ser totalmente aberta e plural na sua composição. Assim, sua primeira diretoria comportou os mais variados profissionais – advogados, professores, juízes da Justiça Eleitoral e membros do Ministério Público Federal e Estadual – bem como, dentre os advogados, profissionais que atuavam para os mais diversos partidos políticos do país. E foi esse caráter plural e apartidário que, desde o início, permitiu que o IPRADE exercesse papel de destaque, desde a sua fundação, não só no cenário jurídico do Direito Eleitoral mas também na sociedade paranaense.

O ato de lançamento do IPRADE, em 14 de março de 2008, deu-se com uma palestra do advogado Fernando Neves da Silva, ex-Ministro do Tribunal Superior Eleitoral e ex-Presidente do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral – IBRADE –, sobre o tema da vida pregressa e inelegibilidade, evento que se realizou no grande auditório do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná.

A primeira Diretoria do IPRADE foi Presidida pelo advogado e professor Guilherme de Salles Gonçalves, tendo como vice o advogado e Doutor em Direito Luiz Fernando Pereira, como 1º Secretário, o advogado Leandro Rosa, como tesoureiro, o advogado Cristiano Hotz, e, como presidente do Conselho Consultivo, o então Procurador Regional Eleitoral e Professor Doutor de Direito Constitucional Néviton de Oliveira Batista Guedes. Integraram ainda a primeira diretoria responsável pela fundação do Instituto os advogados: Luis Gustavo Severo, Carla Karpstein, Gustavo Guedes, Marden Machado, Fernando Santos, Gustavo Kfouri, Leonardo Thiele, e Fabrício Ferreira.

Receberam os títulos de membros honorários do IPRADE os Doutores: Antonio Fernando Souza, Carlos Fernando Corrêa de Castro, Clotário de Macedo Portugal Netom, e Carlos Luiz Strapazzon.